terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O pálido Ponto Azul

Apenas isso. Um pálido Ponto Azul deitado num raio de sol!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Época de Festa

Não fosse o consumismo excessivo e esta poderia ser a Época Perfeita!
Gosto de passear pelas ruas e ouvir a música, ver as luzes que nos iluminam a alma e olhar os rostos que passam por nós, querendo acreditar que, pelo menos por algum tempo, sentem os corações mais felizes!


Espero que todos possam fazer destes dias uma época especial, feliz, perfeita!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Desabafo!

Um dia o País acordou com a notícia de que várias burlas, negócios escuros e processos pouco lícitos teriam provocado a falência de um Banco. (confesso que nunca tinha ouvido falar do dito!)

Alguém foi detido, sujeito a interrogatórios e acusado de ter enriquecido … a esposa ou melhor, a ex-esposa!
Parece que há outros responsáveis.
No entanto, ninguém é culpado até que tal se prove.
Até lá, uns quantos clientes aparecem a reclamar o seu dinheiro que, tudo indica, poderá ter ido parar a uma qualquer conta na Suíça, em nome de uma qualquer ex-esposa!
Mas nada está perdido.
O Estado Português salvará a situação.
Nacionaliza o Banco na falência e, num abrir e fechar de olhos, milhões de euros (nossos) vão parar aos cofres do Banco!
(nossos????, nossos????, pois! Meus, teus, nossos!!!!)
Algum tempo (e milhões de euros) depois, o Banco já não está na bancarrota. Já começou a recuperar. Parece que já consegue “caminhar sozinho”.
Pois bem, está na hora de Privatizar!
Moral da estória: Nacionalizar a miséria, privatizar o sucesso! (com os nossos euros!!!)
E…
O déficit do País aumenta. É preciso contenção!
A palavra de  ordem é “Reduzir despesas, aumentar a produtividade”
E começa, aqui, a NOSSA MISSÃO!
Criemos “ESCOLAS DE EXCELÊNCIA” onde, a baixo custo, se consigam muitos diplomas!
Esta é a primeira etapa!
Depois de conhecida a receita do sucesso, há que investir na divulgação dos resultados:
”A Escola A é uma Escola de Excelência! Muitos diplomas, boas notas, muita procura”
Voltemos, então, à Moral da estória: Nacionalizar a miséria, privatizar o sucesso!
Então, um dia, faremos parte de Um Grande Grupo: Continente, Feira Nova, Espírito Santo, Mellos, Amorins…
Quem sabe estaremos a pedir : “compre o livro da Passára” ou “arredonde a sua conta”, “vá lá, seja bonzinho, ajude os pobrezinhos, temos a obrigação de apoiar as escolas normais que nunca serão de Excelência!”

domingo, 29 de novembro de 2009

Filho




Mãe, Picasso
Tenho orgulho, sim!

A verdade é que muitos foram os momentos em que te senti longe, a crescer, a fugir ...
Muitos foram os momentos em que a angústia me invadiu por não saber se os caminhos que pude mostrar-te seriam os melhores.
Muitos foram os momentos em que a dúvida me encheu o peito quando te vi a pisar o risco, sem saber se saberias manter o equilíbrio.

Mas agora, caminhas com firmeza em direcção aos teus sonhos e, apesar de estares tão longe, sinto-te aqui, pertinho de mim!

Tenho orgulho, sim!

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Aniversário


Passa um ano, mais outro, mais outro...

E a memória daquele dia regressa,
Envolta na nostalgia
Que só as coisas boas nos deixam!

Guardados num pote de encanto,
Os detalhes saboreiam-se
Com a intensidade que ainda nos permitimos!

Passa um ano, mais outro, mais outro ...

Um dia, que nunca lembras, mas que sempre recordas!

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Inverter o sentido das águas


 
Pablo Picasso


Pudesse eu ...

Voltar à margem do rio,
Ao caminho sombrio,
À janela de onde se via o vale,
Ao castelo...

Pudesse eu...

Dar-te a liberdade,
Fazer-te voar,
ver as estrelas que brilham todo o dia
E ver-te sorrir!

Pudesse eu...

Transportar a loucura
Que nos faz vencer todas as barreiras,
Construir todas as estórias
viajar por todos os sonhos!

Pudesse eu...

E a vida serias tu!

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Homenagem


 
(...) 
   Serei tudo o que disserem   por temor ou negação:   Demagogo   mau profeta   falso médico   ladrão   prostituta   proxeneta   espoleta   televisão.   Serei tudo o que disserem:   Poeta castrado   não!               José Carlos Ary dos Santos

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Os barcos da minha terra (2)


"Mas o que tem para mim um grande encanto são os sítios ignorados da ria, onde a água cismática encharca, embebida no céu e reflectindo meia dúzia de ervas e dois barcos encalhados.
Água esquecida ou pedaço do céu translúcido?"

(Raúl Brandão, in Os Pescadores)

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Amar demais


Esperança que dança na vida

Vivida no futuro

Procura a paz

Escondida pela nuvem que o olhar transporta.

Fecha os olhos…

A vida fluí mansamente

Sem perceber que a dor, apenas, espera uma distracção!

E vem forte, tão forte que a água dos olhos já não corre.

Tão forte que o coração, apertado, já não sente.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Mas ao menos eu sonhei!


Vidas vazias, com risos aparentes
Enchem a eira onde o sol, indiferente, brilha.
Juntam-se os amigos, tenta-se viver com normalidade
Inventando a família que se queria feliz.

Acorda, muda, transforma!
Sonha, sonha …
Agarra a ponta dessa teia que cresce à tua volta e dá a volta!

Quero ouvir-te gritar: “Ao menos, eu sonhei!”

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

O sonho cresce...



Um dia, naquele lugar onde posso ver as cegonhas a sobrevoar as águas calmas da laguna, idealizei o abrigo dos sonhos e das correrias dos netos que hão-de vir!

Hoje, as máquinas e os homens, começaram a concretizar este projecto!

Cada recanto terá o tamanho da Esperança!

terça-feira, 6 de outubro de 2009

A noite do meu bem


Hoje eu quero a rosa mais linda que houver

E a primeira estrela que vier

Para enfeitar a noite do meu bem

Hoje eu quero a paz de criança dormindo

E o abandono de flores se abrindo

Para enfeitar a noite do meu bem

Quero a alegria de um barco voltando

Quero a ternura de mãos se encontrando

Para enfeitar a noite do meu bem

Ah! Eu quero o amor o amor mais profundo

Eu quero toda beleza do mundo

Para enfeitar a noite do meu bem

Ah! Como este bem demorou a chegar

Eu já nem sei se terei no olhar

Toda ternura que eu quero lhe dar.

(Dolores Duran)

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Autenticidade


Conta-se que, um dia, um pirilampo, estando a ser perseguido por uma cobra que o queria devorar, exausto, pediu:
- Deixa-me fazer-te 3 perguntas!
- Não costumo abrir excepções, disse a cobra, mas já que te vou comer, diz lá!
- Faço parte da tua cadeia alimentar?
- Não, respondeu a cobra.
- Fiz-te algum mal?
- Claro que não!
- Então, porque me queres comer?
- Porque não suporto ver-te brilhar!

Muitas vezes é a autenticidade da luz que incomoda os predadores!

(Desconheço o autor desta história mas apeteceu-me contá-la!)

domingo, 30 de agosto de 2009

Os barcos da minha terra (1)


Este lindo barco serve para tudo. (...) Tem não sei quê de ave e de composição de teatro. Anima a paisagem.

(Os Pescadores, Raul Brandão)

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Férias no Alentejo

BaleizãoEscultura na Praça Álvaro Cunhal
Agosto 2009

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Leves são os pássaros!

(Margarida Cêpeda, "Leves são os pássaros")

Prefiro viver junto dos pássaros do que passar o resto da vida a desejar ter asas!

quarta-feira, 29 de julho de 2009

A Vida


Que procuras, afinal?

O conforto do silêncio
A tranquilidade da solidão

Pensar sem turbilhão
Pensar, apenas
E encontrar o que sempre tiveste ao alcance da mão!

O caminho faz-se caminhando...
Mas as escolhas difíceis continuam lá, em cada curva, em cada subida íngreme.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Prémios 100 mais nem menos!!!!

A animação no 100maisnem menos foi grande!

As BlogOlimpíadas estavam a decorrer e os participantes divertidíssimos!

Foi preciso estudar. É que o Fj não facilita, não senhor!

Mas valeu a pena!

Vejam lá os prémios lindos que ganhei!!

No pódio...reparti o 1º lugar com a Rosa!!!!





Aqui está o certificado de participação




...E o PRÉMIO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



Obrigada Fj pela oportunidade que criaste!

sexta-feira, 26 de junho de 2009

O Paraíso!

Decidi partilhar estas imagens que foram captadas há cerca de 15 dias!


video

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Dançar...



Quando os corpos dançam com a alma


Os olhos brilham, rasgam-se os sorrisos


E as mãos, sem querer, encontram-se,

tocam-se, respiram-se.


E o dia nasce com aquela doçura que só o amor nos dá!

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Recomeçar....

Recomeça...
se puderes,sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
nesse caminho duro do futuro,
dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
vai colhendo,
ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar
e vendo, acordado,
o logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
onde, com lucidez, te reconheças.

(Miguel Torga)

quarta-feira, 29 de abril de 2009

...

Continua à espera...

Espera longa, séria, límpida.

A sombra do que foi
A penumbra que envolve a memória
A perturbação que vem, cada dia mais nítida.

Continua à espera.

Um dia não se lembrará de nada!
Nesse dia será feliz!

sábado, 25 de abril de 2009

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Grito e choro por Gaza!

O tempo tem sido pouco. A tranquilidade para escrever, também.
Mas não posso deixar de manifestar a revolta!

Porque nunca conseguiria expressar de forma tão lúcida, coerente e clara a revolta que sinto e não posso calar, aqui deixo o Grito de Fernando Nobre. Tenho a certeza que mo permitirá!

Vale a pena reflectir!