domingo, 3 de janeiro de 2010

Não podemos esquecer!

5 comentários:

JPD disse...

Um grande poeta, Ary.

Saudações

Jacarée disse...

Sem dúvida grande POETA.
Jámais se esgotem as palavras
Sobre a poesia,
Ecoam gritos de silêncio, Sufocados de revolta.

bjs

Jacarée

Jacarée disse...

Há coisas e pessoas que por mais tempo que passe nunca se esquecem.
A amizade resiste mesmo à morte. Quando alguém, tem, ou teve um sentimento de amizade, amor ou simplesmente um amor platónico muito forte sua lembrança irá permanecer para sempre na sua memória. Não há nada nem ninguém que possa destruir esse sentimento.

B. F. S. muito sorridente.

Bjs
Jacarée

Rosa dos Ventos disse...

Claro que não esqueceremos!
Eu escolhi Ary para terminar o ano bloguista...

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Zé Carlos,
sabes que tens um cantinho,
na ganga dos meus pensamentos,
,
- Ah não me venham dizer
que é fonética a poesia !
Serei tudo o que disserem
por temor ou negação:
Demagogo mau profeta
falso médico ladrão
prostituto proxeneta
espoleta televisão.
Serei tudo o que disserem:
Poeta castrado, não!
,
in-ary dos santos,
,
amiga
o meu obrigado,
,
conchinhas,
,
*
obrigado