quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

DESAFIO

Manuel Damas, propôs. Decidi experimentar!

Que significado atribuo a:


FILHOS: Dois pedacinhos de mim. Hoje olho-os e vejo, com um grande orgulho, dois adultos equilibrados, lutadores, com objectivos bem definidos e, especialmente, com uma enorme capacidade de amar!
Um dia, sobre eles, escrevi:
“…cheiinhos de defeitos! Lindos!!”.
Continuo a achar que não me enganei!

AMOR: És tu.
É contigo que quero partilhar os dias que me sobram.
Afinal, descobrimos que é tão fácil sonhar, construir, viver!

HARMONIA: A vida hoje!

INTELIGÊNCIA: Uma capacidade essencial quando o objectivo é ser feliz!

RESPEITO PELO PRÓXIMO: Um dos valores essenciais a defender! Não concebo a vida sem o respeito pelo outro. Não nos respeitaremos se não soubermos respeitar quem nos rodeia.

SINCERIDADE: A única maneira que conheço de comunicar! Olhando nos olhos, lendo bem lá no fundo, poder ter a certeza que não me engano!

HUMILDADE: A capacidade de reconhecer que erro mas que sou capaz de aprender a tentar não voltar a errar. E se o fizer, voltar a reconhecer que, afinal, ainda tenho muito que aprender!

AMIGOS: Aqueles que têm sempre um ombro para me emprestarem!

ANIMAIS: Seres vivos que, tal como todos os outros, são alvo do meu respeito e reconhecimento pela contribuição que prestam à manutenção do equilíbrio deste Planeta!

MAR e LUA: Dois elementos que me são muito queridos pela fantástica influência que sobre mim exercem!
É com eles que partilho os momentos de meditação e auto-análise.
Foram eles que, em alturas cruciais da vida, me inspiraram!

COBARDIA: Um sentimento que me repugna.
Tenho muita dificuldade em lidar com quem o manifesta. Apesar de conseguir compreender os medos (eu tenho alguns!), tenho dificuldade em perceber a cobardia porque a associo à falsidade.
O cobarde é aquele que, podendo, não enfrenta a realidade mesmo que isso traga malefícios a terceiros.


Agora, quem quer experimentar?
O desafio fica lançado! Vamos lá. Vão ver que é um exercício interessante!

5 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
fiquei,
a conhecer-te melhor,
ao som do amigo sergio,
,
conchinhas
,
*

Suave Toque disse...

Voltarei para o desafio.

"Ao longo da formação da personalidade nos tornamos seres que pensam e que podem mudar a nosso história,privilégio indizível da espécie humana. Somos uma espécie inteligente num universo desconhecido. Só nao se encanta com a vida quem está sufocado por preocupações, atolado com suas atividades e não consegue ver além da cortina das suas dificuldades."
Augusto Cury.

Desejo a ti um feliz final de semana.
Beijo de carinho.
Elcia Belluci.

efeneto disse...

Hoje, não deveria ter acordado.
E começa a ser ridícula toda esta impossibilidade de opção.
Alguém nos perguntou se queríamos ter nascido?
A resposta agora também pouco interessa.
Mas hoje, eu deveria ter direito a dizer que não, não me apetece abrir os olhos e ver um qualquer pormenor magnífico, um qualquer momento raro.

Hoje nada me delicia e muito menos sacia.
Mas alguém me dá o direito de não ser eu por 24h?
De nascer para uma qualquer vontade maior longe deste corpo morto e fétido?

Devia poder dar-me esse direito, esse propósito.
Mas desde quando o que deve ser o é de facto?
Raras são as vezes e sempre pouco oportunas.


Então deixem-me dormir...E amanhã de manhã, ao primeiro raiar do sol, perguntem-me baixinho:

- " Então pequeno, sempre quer nascer hoje para o mundo? "

Quem sabe talvez assim, com jeitinho, se levante a força e se cerrem os punhos para a batalha constante da vida e para a guerra eterna que mora em nós.
Mas de certo nasceria novamente para lhe desejar um fim-de-semana com aquilo que mais deseja.

Até amanhã.

Manuel Damas disse...

Obrigado!

Rivera disse...

"Sofremos demasiado pelo pouco que nos falta e alegramo-nos pouco pelo muito que temos..."
[ William Shakespeare ]