terça-feira, 22 de abril de 2008

Abril


Lembro aquele dia em que cheguei ao Liceu e ouvi o Luís e a Alexandra, com a emoção contida, dizerem-me baixinho, "Agora é que foi! Desta vez não foi como as Caldas!"

Tenho a certeza que nenhum de nós percebia bem o significado do que se estava a passar! Mas se não era "como as Caldas" então só podia ser bom!


Ainda hoje, ao recordar, não consigo conter a emoção!

Foram tempos de intensa aprendizagem, em que fomos percebendo, agora e só agora, a dimensão do passo de gigante que este País foi capaz de dar!


Passámos meses, estudando, trabalhando voluntariamente, reconstruindo, ouvindo histórias de vida inimagináveis, CRESCENDO!


Depois veio a desilusão, o conformismo, o sentimento da incapacidade de mudar mas ficou a consciência!


E essa vai fazendo renascer, a cada passo, a certeza de que é "A força de estarmos unidos" que nos fará legar aos nossos filhos um País em que "agora ninguém mais cerra as portas que Abril abriu!"

10 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
quero madrugar esperança
dum florido amanhecer
todos os olhos enfeitados
nos espelhados jardins
sortidas flores, misturadas
feitas gente, feitas povo
não só cravos, mas violetas
rasadas rosas, lírios, girassóis
giestas do campo e da cidade
de todo um povo em flor
,
conchinhas
.
*

Manuela disse...

Alguns já se esqueceram desse dia ou tentam esquecer.
25 de Abril tinha eu 9 anos e ainda hoje me lembro do medo das pessoas se a "coisa" voltá-se atrás.
Nesse dia estava na escola e mandáram-nos para casa mais cedo.
Era um dia de sol luminoso, de Primavera.
Belos tempos.

Abraço

Manuela

gaivota disse...

mas tens alguma coisa contra "as caldas"???
abril, as portas que se abriram,
e que tantos tão mal entenderam!
os sonhos que ficaram nas gavetas de tantos, e as glórias para quem nada fez!
a luta continua, celebremos o abril que temos no coração
beijinhos

© efeneto disse...

Há no voar das gaivotas,
Um cheiro que paira no ar.
Sei que este Inverno vai acabar.
Não haverá sonhos mutilados,
A paz é um país a conquistar
Ao sabor do perfume dos cravos.

Sei que a Primavera vai despertar
No sol de Abril em verdade,
Sei que os rios desaguam no mar
E a nossa voz na liberdade.
**
Liberdade no feriado e Paz no fim-de-semana.
Beijos e abraços á escolha.

Olá!! disse...

Um sonho que não teve as consequências esperadas
Bom fim-de-semana
Beijossssssssssss

Pata Negra disse...

Talvez as flores que então nasceram tenham sido derrubadas mas uma só planta dá tantas sementes!
Um abraço com um Abril atravessado

Multiolhares disse...

Só a união faz a força, mas com a falta de emprego, os trabalhos preçários não esta fácil a união
bj

O Profeta disse...

Porque sonhas com o outro lado
Enches o vazio da eterna espera
Amas quem não podes ter
Pintas de realidade a quimera


A liberdade do pensamento vive entre dois mundos…


Convido-te a conhece-la…


Bom fim de semana


Mágico beijo

gaivota disse...

bem sabia que não poderias ter nada contra caldas...
estava a brincar... foi um precedente do 25 de abril!
beijinhos grandessssssssssssss

© efeneto disse...

É isso...resta os jovens continuarem o espirito de Abril.
Uma semana cheia de amizade e Liberdade.