sexta-feira, 9 de maio de 2008

Amor nos três pavimentos

Eu não sei tocar, mas se você pedir
Eu toco violino fagote trombone saxofone.
Eu não sei cantar, mas se você pedir
Dou um beijo na lua, bebo mel himeto
Pra cantar melhor.
Se você pedir eu mato o papa, eu tomo cicuta
Eu faço tudo que você quiser.


Você querendo, você me pede, um brinco, um namorado
Que eu te arranjo logo.
Você quer fazer verso?
É tão simples!... você assina
Ninguém vai saber.
Se você me pedir, eu trabalho dobrado
Só pra te agradar.


Se você quisesse!... até na morte eu ia
Descobrir poesia.
Te recitava as Pombas, tirava modinhas
Pra te adormecer.
Até um gurizinho, se você deixar
Eu dou pra você...


Vinícius de Moraes

8 comentários:

Pata Negra disse...

Este Vinicius nasceu já com o coração feito em palavras, até me fica mal escrever palavras quando se lê - vou já parar - um beijo roubado ao poema

Olá!! disse...

Vinicius... uma delicia :))))
Beijosssssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
vinicius
um fagote de letras,
violinos de palavras,
nas frases dos namorados,
feitos versos de mel,
em modinhas dos poemas,
compassos de tom jobim
,
conchinhas musicadas
,
*

Multiolhares disse...

O amor é cego...já alguem o disse
beijinhos

gaivota disse...

vinicius de moraes, que bom sentir ewste dizer agora e a esta hora...
lindooooo
beijinhos

AURORA ( LOLA ) disse...

Se você quisesse!... até na morte eu ia
Descobrir poesia.
Te recitava as Pombas, tirava modinhas
Pra te adormecer.
Até um gurizinho, se você deixar
Eu dou pra você...




LINDOOOOOOOOOOOOO, amiga adorei bjs

© efeneto disse...

Perdi-me em mim
Onde sempre me procurei
Entre palavras e sentidos
Onde sempre me demorei
Entre versos feitos de cetim

Perdi-me em mim
No onde e no entre assim
No princípio, meio e fim
Perdi-me em mim...

Apenas me achei para lhe desejar
Bom fim-de-semana
Na companhia de quem ama...

Alma Indigo disse...

Uma excelente escolha esta, lindo mesmo :)

bjos