segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Onde estou

Plantei uma oliveira!



Daquele lugar consigo ver, de um lado, o espelho de água que se estende ao fundo, onde o sol se põe; do outro lado, a sombra da serra que garante, ao horizonte, a firmeza de que preciso para saber onde me situo.


A oliveira trará o dourado que anunciará a minha vontade de ver crescer as cegonhas e de ter os amigos Sempre por Perto.

4 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
seriamente,
encontro,
a oliveira na serra,
espelhada num rio,
de margens abertas,
libertas,
,
conchinhas
,
*

MIMO-TE disse...

Que bom! Eu também penso assim...:)
Gostei da sua visita e deste espaço também. Vou coloca-lo nos meus favoritos, para não a perder...

Bjo
Mimo-te

multiolhares disse...

Sempre por perto
As cegonhas vão nascer
Como a oliveira plantada
Os amigos vão crescer
Com o sol da amizade fortalecer

Beijinhos
luna

Olá!! disse...

Bom filho à casa torna...
Beijinhos